domingo, 13 de Abril de 2014

Pequenos leitores e escritores


      Leio muitos livros e imagino que estou a viajar.

      Invento muitas histórias e divirto-me com elas.

      Vejo livros que os outros meninos fazem.

      Recebo livros da Biblioteca e leio com os meus colegas.

      Ouço histórias que a minha mãe ou o meu pai me contam à noite.

                                                                       Afonso Saraiva.

 
 
      Livros transmitem muitas mensagens.

      Inventaram-se para as crianças lerem

      Vieram também para os adultos

      Rápidos poemas podem ter.

      Os livros têm alguns desenhos.

                         Afonso Pinheiro


      Livros ajudam-nos a viajar

      Imaginamos as histórias

      Viajamos sem sair do lugar

      Relemos muitas vezes as histórias

      O livro ajuda-nos na escola.
                              Afonso Santos
 
      Leio e começo a viajar
      Imagino muitos lugares
      Viajo sem parar
      Releio se gosto muito
      O livro é um amigo.
                            Bárbara
 
 
      Livros podem ajudar-nos.
      Imaginamos histórias
      Vemos ilustrações bonitas
      Receitas para fazer comida.
      Ou lugares que não conhecemos.
                                     Carlos
 
      Li o que o escritor escreveu.
      Imaginei os personagens.
      Vi-os nas livrarias.
      Repetem-nos quando já não há para vender.
      Os livros são uns amigos.
                                           Denis

 
 

segunda-feira, 24 de Março de 2014

21 de março - Dia da Árvore

Uma árvore vamos plantar
Para o ar purificar
Também fruta poderá dar
Ou madeira para cortar.
                        César e Luís
As árvores são especiais
Só com elas podemos viver
E até muitos animais
Em cima delas vão nascer.
 
Sem elas não há vida
Nem sequer livros para ler
É a nossa melhor amiga
É quem nos ajuda a viver.
                    Mariana Jesus e Francisco
Num pedaço de terra
Crescerá uma árvore gigantesca
Para durante o verão
Estarmos à sua sombra fresca.
                                                                                       Maria e Pedro
Árvores de folha caduca
Encontram-se em todo o lugar
No campo ou na cidade
No bosque ou no pomar.
                   Marta e Sousa
Vamos tratá-la bem
Pois sem ela não há vida
Regamo-la todos os dias
Com amor e sabedoria.
            Sofia e Miguel
Dar atenção às árvores é o que podemos fazer.
Consegues dar frutos? Não.
Consegues dar vida a este mundo? Não.
Não tens a capacidade de uma árvore.
Tens de cuidar delas pois são um tesouro!
                                                       Gabriela e Tatiana

Como é bom ler!

      Houve um acontecimento especial para mim, o Concurso de Leitura.
      A 19 de dezembro senti-me a pessoa mais importante do mundo - fui ler ao Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga para os meus colegas, pais, professores e, principalmente, para um júri. A princípio estava um pouco nervosa e com vergonha, mas depois de ler fiquei ansiosa.
      Li uma parte da história "O Príncipe Feliz" e, no final, a ansiedade passou para alegria pois fui selecionada.
      Meses depois, a 15 de março, já na segunda fase do concurso de leitura, fui a Águeda, li uma parte da história   "A Maior Flor do Mundo" e senti-me ainda mais especial.
      Mais uma vez me senti nervosa, mas também alegre por estar ali.
      No final desta fase fiquei um pouco triste, mas percebi que não tinha razões para estar assim porque, apesar de não ter passado à fase seguinte, li bem e isso deixou-me orgulhosa!

                                                                                 Cláudia Sofia, 4º ano

quarta-feira, 19 de Março de 2014

Concurso Intermunicipal de Leitura

      Na tarde do dia 15 de março, no auditório da Escola Secundária Marques de Castilho, em Águeda, aconteceu a segunda fase do Concurso Intermunicipal de Leitura.
      A nossa escola esteve muito bem representada pela Cláudia, aluna da turma R, 4º ano que, embora não sendo apurada para a final distrital que acontecerá no dia 28 de junho, em Anadia, abriu a sessão com uma leitura fluente, mostrando-se segura.
      Os alunos do Agrupamento de Valongo do Vouga contaram com o entusiasmo da professora bibliotecária que acompanhou o grupo.
       Houve um momento para entrega de prémios aos alunos que ficaram nos três primeiros lugares e que vão à fase distrital.
      No final, houve tempo para uma foto com todos os participantes.
      Parabéns, Cláudia, pela tua participação!  
iniciativa da Rede de Bibliotecas da CIRA (Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro) a que se associou a Rede de Bibliotecas de Águeda. Neste evento estiveram representados alunos de todos os ciclos de ensino oriundos das escolas do Concelho. Foram apurados os melhores leitores por ciclo de ensino que irão representar Águeda na final distrital, que terá lugar, no dia 28 de Junho, em Anadia. O Agrupamento de Escolas de Águeda Sul far-se-á representar por 3 alunos nas categorias de 1.º, 2.º CEB e Secundário.iniciativa da Rede de Bibliotecas da CIRA (Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro) a que se associou a Rede de Bibliotecas de Águeda. Neste evento estiveram representados alunos de todos os ciclos de ensino oriundos das escolas do Concelho. Foram apurados os melhores leitores por ciclo de ensino que irão representar Águeda na final distrital, que terá lugar, no dia 28 de Junho, em Anadia. O Agrupamento de Escolas de Águeda Sul far-se-á representar por 3 alunos nas categorias de 1.º, 2.º CEB e Secundário.iniciativa da Rede de Bibliotecas da CIRA (Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro) a que se associou a Rede de Bibliotecas de Águeda. Neste evento estiveram representados alunos de todos os ciclos de ensino oriundos das escolas do Concelho. Foram apurados os melhores leitores por ciclo de ensino que irão representar Águeda na final distrital, que terá lugar, no dia 28 de Junho, em Anadia. O Agrupamento de Escolas de Águeda Sul far-se-á representar por 3 alunos nas categorias de 1.º, 2.º CEB e

terça-feira, 4 de Março de 2014

segunda-feira, 3 de Fevereiro de 2014

A nossa escola - como era e como está a ficar

      Assim começou a  Escola de S. Sebastião em janeiro de 1983.
      Assim continuou durante 30 anos.
 
     A Câmara Municipal de Águeda está a construir uma escola nova na Trofa.
     A nova escola será no local da antiga, por isso, a E.B. S. Sebastião está a ser demolida.
     No local já existem várias máquinas e alguns trabalhadores.
      Daqui a dois anos, a nova escola irá substituir algumas antigas escolas primárias da região.                                                                                     
                             Gabriel -  2ºano